Importância da Saúde Mental

Importância da Saúde Mental

 

A saúde mental é um tabu para muitas pessoas, e ainda existe muito preconceito em relação ao assunto. Muitos consideram ainda que uma pessoa com problemas de saúde mental é maluca ou doida. É por essa razão que quem sofre de depressão, ansiedade e outros problemas prefere viver no silêncio e não expressar os sentimentos.

A dor mental deve ter o mesmo significado da dor física. Deve ser cuidada, porque a doença mental existe, e não significa fraqueza ou inferioridade, mas sim que é necessário pedir ajuda. Para a Organização Mundial de Saúde, o conceito de saúde é utilizado para descrever um estado de “completo bem-estar físico, mental e social”.

 

Porque é que a nossa mente fica afetada?

No mundo moderno em que vivemos é cada vez mais fácil sofrermos sobrecargas mentais causadas por problemas pessoais ou profissionais. Estamos inseridos numa sociedade em que tudo muda a uma grande velocidade e temos de nos moldar diariamente ao mundo em que vivemos. Uma pequena situação pode levar a uma grande sobrecarga mental que afeta o nosso sistema nervoso e nos torna mais sensíveis e menos capazes de enfrentarmos situações do dia-a-dia.

 

São diversos os fatores que podem afetar o estado da nossa saúde mental. Podem estar associados a questões sociais, psicológicas e biológicas. Os fatores mais frequentes de doenças mental são:

  • Ansiedade;
  • Stress;
  • Medo;
  • Luto;
  • Relações tóxicas;
  • Violência;
  • Perturbações psicóticas;
  • Dependência emocional ou química;
  • Ansiedade social.

 

Transtornos mentais mais comuns:

Os transtornos mentais são distúrbios no funcionamento da mente, que podem afetar qualquer pessoa em qualquer idade e que são geralmente provocados por complexas alterações do sistema nervoso central.

Ansiedade, é caracterizada por uma sensação de desconforto, medo ou tensão, muito desagradável, que costuma ser antecipação de perigo ou algo desconhecido;

Transtornos alimentares, podem ser eles anorexia nervosa ou bulimia. Anorexia nervosa consiste na recusa de alimentação para uma perda de peso intencional, bulimia consiste em consumir grandes quantidades de comida e logo de seguida tentar eliminar as calorias com o vomito, jejum ou exercícios físicos intensos;

Depressão, é caracterizada pelo estado de humor deprimido e pela perda de interesse e tristeza. Os principais sintomas são irritabilidade, insónias ou excesso de sono, perda de peso ou ganho de peso, apatia e falta de energia;

Transtorno bipolar, é provocado por oscilações de humor, varia entre depressão e mania;

Transtorno obsessivo-compulsivo, conhecido como TOC, provoca pensamentos obsessivos e compulsivos como o exagero em limpeza e lavar as mãos;

Stress pós-traumátimo, surge após ser exposto a uma situação traumática como uma ameaça de morte, assalto ou morte de um ente querido.

 

Saúde mental pode causar sintomas a nível físico:

A fragilidade na saúde mental é muitas vezes observada através da saúde física. Quando a mente não é cuidada o corpo sofre. O que não é tratado na mente acaba por ser transportado para o corpo, causando muitos sintomas que se tornam complicados de explicar, porque o verdadeiro sofrimento está na mente. Alguns exemplos de problemas a nível físico que podem estar a ser transportados da mente:

  • Dores de cabeça;
  • Sensação de aperto no peito;
  • Falta de concentração;
  • Aumento de apetite;
  • Insónia;
  • Dores musculares;
  • Palpitações;
  • Falta de ar;
  • Problemas de memória;
  • Desregulação do ciclo menstrual.

 

Como manter uma saúde mental estável?

Existem algumas dicas de como devemos manter a saúde da nossa mente estável, mas é importante reforçar que em grande parte dos casos (com alguma gravidade) é necessária a ajuda de profissionais. Existem sim ações que podemos realizar diariamente que ajudam a trazer alguma paz e tranquilidade à nossa mente, melhorando a nossa vida, são elas:

  • Manter-se ativo;
  • Reforçar a auto-confiança e auto-estima;
  • Agendar diariamente tarefas e atividades;
  • Arranjar tempo livre para fazer o que mais gosta (passear, ler um livro, tocar um instrumento);
  • Dormir bem;
  • Praticar uma boa alimentação, muita água, frutas e vegetais;
  • Rodear-se de pessoas importantes e com quem se sente bem;
  • Olhar sempre para o lado positivo em qualquer situação.