Cuidados com a Próstata

Próstata

 

A próstata é uma pequena glândula do homem que se situa abaixo da bexiga à frente do reto - tem o tamanho de uma noz. A sua função é a produção de um líquido branco e fluído que faz parte do esperma, ajudando a alimentar e proteger os espermatozoides.

Com o avançar da idade a próstata tem uma tendência para aumentar o seu tamanho, ao tornar-se demasiado grande pode causar problemas na saúde masculina.

 

Os principais sintomas de problemas de Próstata são:

 

  • Grande vontade de urinar;
  • Dor ou ardor ao urinar;
  • Dor ao ejacular;
  • Perda de urina involuntária;
  • Sensação de não conseguir esvaziar a bexiga;
  • Perda de peso inexplicável;
  • Sangue no sémen ou urina; e
  • Dor nas ancas, zona lombar, pélvica e retal

 

O cancro é o principal problema associado à Próstata, mas existem outras complicações que podem surgir em consequência do seu crescimento.

 

Problemas associados à Próstata:

 

  • Cancro da Próstata - A probabilidade de desenvolver cancro da Próstata pode ser influenciada por fatores como a idade (maior risco para homens com mais de 50 anos); histórico familiar (se algum familiar próximo tiver, como o pai ou irmão, o risco é mais elevado); etnia (em homens de etnia negra o risco é maior em comparação com outras etnias); e dieta (uma dieta rica em gorduras faz com que aumente a probabilidade de desenvolver cancro).
  • Hiperplasia benigna da Próstata - Ocorre quando a Próstata aumenta de tamanho comprimindo a uretra e dificultando a passagem da urina. É muito comum em homens acima dos 55 anos. Ser vigiado por uma médico anualmente pode ser suficiente para este problemas, caso seja necessário tratamento a prescrição de medicamentos que ajudem a diminuir o tamanho da glândula pode ser a solução, nos casos mais graves pode ser realizada uma cirurgia.
  • Prostatite bacteriana aguda - Surge repentinamente através de uma infeção bacteriana. Os sintomas são febre, dor e arrepios. Na Prostatite bacteriana aguda a maior parte dos casos é tratado com medicamentos e antibióticos para eliminar o desconforto e a dor.
  • Prostatite bacteriana crónica - Pode estar relacionada com a toma prolongada de antibióticos. É uma infeção bastante recorrente de difícil tratamento, está sempre a aparecer e a desaparecer.
  • Prostatite crónica - Os sintomas podem ser dor no pénis, virilha ou zona lombar. O tratamento pode passar pela toma de medicamentos, cirurgia ou alteração do estilo de vida.

 

Rastreios para problemas associados à Próstata:

 

O rastreio é muito importante para a prevenção de doenças associadas à Próstata de forma a conseguir ter um diagnóstico precoce e um tratamento atempado caso se verifique algum problema. São três as formas de rastreio.

 

  • Toque retal - é inserido um dedo no reto do utente pelo médico de forma a conseguir tocar na próstata, desta forma o médico consegue avaliar o tamanho da mesma, a textura e a existência de nódulos.
  • Medição de PSA - é medido o nível de antigénio específico da Próstata através da análise ao sangue (normalmente apenas circula uma quantidade mínima). Valores mais elevados podem significar doença da Próstata.
  • Biópsia - é feita através da colheita de tecido da Próstata para detenção de eventuais lesões.

 

Com um diagnóstico precoce, qualquer um das doenças relacionadas à Próstata pode ser tratada com êxito, sendo possível que o doente retome a sua vida normal em pouco tempo. É importante lembrar que é necessária a vigilância e o diagnóstico para que as doenças não se prolonguem. O diagnóstico precoce do cancro da Próstata é recomendado a partir dos 50 anos de idade.